Cármen Lúcia derruba ordem para policiais agirem em universidades

A ministra suspendeu a decisão que determinava a proibição de manifestações de estudantes em instituições de ao menos nove estados  

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu a decisão de juízes eleitorais que determinaram a entrada de policiais em universidades federais para recolher documentos e interromper aulas que teriam viés de campanha política.

A ação atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República. Para Cármen Lúcia, as determinações dos juízes foram feitas de forma “subjetiva e incompatível com o cargo” e que houve erro na interpretação da Lei.

A ministra suspendeu ainda decisões que ordenaram a interrupção de debates ou manifestações de professores e estudantes universitários. No documento, ela destaca a importância da pluralidade dentro da democracia e ressalta que é preciso apurar eventuais excessos na fiscalização em universidades.

27/10/18

Fonte: SBT Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *