Chico Chico e João Mantuano em Teresópolis RJ

2017-11-25 Chicão e João Mantuano em Terê

Chico Chico, filho de Cássia Eller

Chicão, que agora assina Chico Chico, voltou a impressionar os fãs com sua semelhança com a mãe, Cássia Eller. O artista de 23 anos, que fará um couver artístico no Antiqualha, em Teresópolis RJ,dia 25 de novembro de 2017. Ele têm um fã clube próprio. Na página, são frequentes as comparações à fisionomia da mãe e elogios a sua beleza.

Quando canta, Chico Chico também deixa os fãs arrepiados lembrando da cantora que morreu há 16 anos (29/12/2001). Ele é compositor, violonista e cantor, e costuma explorar letras próprias nas apresentações, embora já tenha surpreendido plateia interpretando clássicos eternizados na voz de Cássia Eller.

Chico Chico iniciou a carreira na música aos 18 anos, no grupo Zarapatéu. Em 2015, foi  o lançamento do primeiro CD da 2×0 Vargem Alta. que acontece no Circo Voador, no Rio de Janeiro. Esteve um tempo afastado dos palcos, mas volta com força total.

Cássia Eller em Teresópolis RJ

Segundo o fotógrafo, Marcos Hermes, que fotografou diversas divas da música;entre elas Cássia Eller. Marcos se tornou amigo da artista. “Passei alguns dias convivendo com a Cássia em um sítio em Teresópolis (RJ). A primeira coisa que ela fez quando me viu foi mostrar os seios e dizer que não curtia posar… (risos). Então, fizemos algo bem natural. Por isso, o material dessa sessão de fotos é muito autêntico. Além da amizade que começou ali, eu mal sabia que estava participando de uma obra histórica, que mudou minha vida.”

Fevereiro de 2001. Um sítio na serra entre Teresópolis e Friburgo, região das mais bucólicas do Estado do Rio, para dúzias de músicos, produtores e técnicos. Três semanas entre definições de arranjos, filmagens e ensaios duas vezes ao dia – e também de cervejada, baralho, churrasco, pelada, videogame e bate-papo.

Era para ser uma concentração no estilo Copa do Mundo. Como o craque do time era Cássia Eller, o clima era o mais relaxado possível. Revisitar aqueles “dias incríveis”, como descreve Nando Reis, de “momentos inesquecíveis”, nas palavras do baterista João Viana, está nos planos do documentarista Paulo Henrique Fontenelle.

João Mantuano

João Mantuano é cantor ,compositor e violonista. João foi influenciado por compositores como Jards Macalé, Luiz Melodia, Itamar Assumpção, Chico Buarque, Torquato Neto, Capinan; por artistas estrangeiros como Django Reinhardt, Stéphane Grappelli, Astor Piazzola; e ainda por parceiros de vida e música como Chico Chico, Posada, Marcos Mesmo, Pedro Romão e Pedro Duarte.

Em 2016 o trio percorreu bares, becos, casas de shows e centros culturais, e por fim gravou seu primeiro álbum ‘’Por onde anda o tempo’’. O CD, que tem influência de gêneros como o Rock, o Tango, o Bolero, o Jazz, o Gypsy Jazz e o Blues, é um convite a uma vigem pelos diversos cantos do mundo. Um mergulho que nos transporta a épocas e culturas que parecem estar guardadas no nosso DNA auditivo, um passeio à beira do cinematográfico, ora em preto e branco, ora em technicolor.

Evento: 25/11/17 (sáb)-21h

Serviço: Chico Chico e João Mantuano irão apresentar seus novos trabalhos autorais.Chico Chico – João Mantuano e um punhado de irresistíveis canções.Organização: Evelin Azevedo. Produção artística: Oscar Anjos Jr.

Local: Antiqualha-Av. Rotariana, 471 – Soberbo, Teresópolis – RJ 

Convites no link ou nas lojas:  Casa do Café – Av. Lúcio Meira,90- Várzea- Teresópolis RJ (ao lado da Carrapeta) ou Antiqualha-Av. Rotariana, 471 – Soberbo, Teresópolis – RJ

Foto: Divulgação

Fonte: Evelyn Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *