Chuva causa transtornos em Teresópolis

Chuva causa transtornos em Teresópolis, mas Defesa Civil não registra ocorrências graves

Teresópolis, 03 de janeiro de  2019 – Desde o fim da tarde da última quarta-feira (02), equipes da Defesa Civil monitoram os bairros da cidade que foram atingidos pela chuva das últimas horas em Teresópolis. Foram registradas 15 ocorrências entre o início da noite de quarta e a madrugada de quinta, sem vítimas e sem desabrigados ou desalojados.

Entre as ocorrências estão queda de muro, na Tijuca; deslizamentos de terra no Vale da Revolta, Golfe, Ermitage e Araras; rachadura de piso, no bairro Paineiras; queda de vegetação em rede de alta tensão, no Salaquinho e Cascata do Imbuí; e queda de vegetação na Praça Olímpica, na Várzea.

Por medida de segurança, as sirenes 1 e 2 do bairro Vale da Revolta foram acionadas às 19h25 e desligadas às 21h12, devido ao acúmulo de água no bairro nas últimas 24 horas: 63,2mm.

Interdição

Às 19h32, foi interditado trecho da Avenida Presidente Roosevelt, conhecido como Corte da Barra. Recentemente, a Defesa Civil instalou um pluviômetro para monitorar a quantidade de chuva no local. A interdição foi realizada pela Guarda Municipal e, após avaliação da equipe da Defesa Civil, o trânsito foi liberado.

A Defesa Civil orienta aos moradores que cadastrem um número de telefone por SMS para receber alertas sobre ocorrências. O número para cadastro é 40199. Qualquer ocorrência devido à chuva pode ser comunicada à Defesa Civil também pelo telefone de emergência 199.

“O importante é a conscientização da população. A Defesa Civil sozinha não consegue atender a todas as demandas ao mesmo tempo. É preciso que a população auxilie através dos NUDECS – Núcleos de Defesa Civil nas comunidades – e evite se colocar em situações de risco, como construir em encostas, jogar lixo nas ruas e obstruir rios. A cidade resistiu bem graças ao trabalho preventivo que vem sendo realizado pela prefeitura”, explicou o subsecretário de Defesa Civil, Cel. Albert Andrade.

Ações preventivas realizadas pela Prefeitura

DRAGAGEM DO RIO PAQUEQUER

Serviço do INEA, a pedido da Prefeitura, a dragagem começou no dia 23 de julho na altura da Secretaria de Serviços Públicos, perto da Rodoviária, na Várzea, e seguiu até o bairro Paineiras, numa extensão superior a dois quilômetros.

RECUPERAÇÃO DE REDES DE DRENAGEM E GALERIAS EM DIVERSOS BAIRROS DA CIDADE

A Secretaria de Serviços Públicos intensificou o trabalho de restauração das vias condutoras e coletoras de águas pluviais e esgoto da cidade. O objetivo é evitar alagamentos em tempos de chuvas e manter o ambiente limpo e seguro.

COLETA DE LIXO E VARRIÇÃO DIÁRIA EM RUAS CENTRAIS DA CIDADE

(Entre 18h e 20h)

SERVIÇOS DE CAPINA, VARRIÇÃO E RETIRADA DE LIXO EM DIVERSOS BAIRROS DA CIDADE DE FORMA CONSTANTE.

PLANO VERÃO DE TERESÓPOLIS

  • Teste mensal das 24 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme, que checa o funcionamento dos aparelhos, instalados em 13 bairros
  • Exercícios simulados de desocupação em comunidade vulnerável. Um já realizado no bairro Vale da Revolta no dia 25/11;
  • Exercícios simulados de desocupação nas escolas municipais. Já realizados nas escolas Dorvalino de Oliveira, no Meudon, e Alice Saldanha, no Morro do Tiro, feitos no dia 29/11, em conjunto com o Corpo de Bombeiros.
  • Curso de reciclagem de voluntários do Núcleo Comunitário de Defesa Civil do bairro Caleme.
  • Teresópolis conta com 25 NUDECs, na cidade e no interior, e mais de 800 pessoas treinadas. Dessas, 474 formam os núcleos comunitários.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *