“Cultura de Raiz” e “Música na Matriz” neste domingo, 04-11, com a genuína música brasileira de raiz e o Coro Jovem da Igreja Batista Betânia

CORAL JOVEM IGREJA BATISTA BETANIA do RIO de REALENGO no MUSICA NA MATRIZ 5nov17A música mais viva do que nunca!

“Cultura de Raiz” e “Música na Matriz” neste domingo, 4/11, com a genuína música brasileira de raiz e o Coro Jovem da Igreja Batista Betânia, do Rio de Janeiro, com seu repertório secular e cristão

Teresópolis, 31 de outubro de 2017 – Na manhã do dia 05 de novembro, às 10h, na Casa de Cultura Adolpho Bloch (Praça Juscelino Kubitschek, s/nº, Araras), a música de raiz, com muito forró, sertanejo, romântico, pop e o que mais vier fará muita gente se divertir a valer. Periga rasgar o assoalho, com mais uma edição do projeto “Cultura de Raiz”, com apresentação da atriz e conselheira estadual de Cultura, Nara Zeitune, e produção de Eliana Resende. Como sempre, casa cheia, fila pra tocar e cantar e aquele lanchinho restaurador, oferecido pelo Supermercado Multi Market. O projeto é uma realização da Prefeitura, através da Secretaria de Cultura.

À tarde, a boa perdida, a partir das 16h, é outro projeto, de mais de duas décadas, da Secretaria de Cultura da PMT: “Música na Matriz” (na Igreja Matriz de Santa Teresa, na Praça Balthasar da Silveira, s/nº, Várzea). Neste domingo, o Coro Jovem da Igreja Batista Betânia, do Rio de Janeiro, apresentará nove canções, divididas em duas sequências. A primeira com canções do compositor João Alexandre, cujas letras falam sobre a diversidade cultural do Brasil, destacando a peculiaridade de alguns estados brasileiros.

A segunda sequência trará músicas de vários compositores como Kirk Franklin, James Taylor, Brooklin, Marcelo Jeneci, com temas diversificados, versando sobre fé, relacionamentos, esperança e amizade, entre outros.

Com 10 anos de existência, O Coro Jovem da Igreja Batista Betânia é composto por coristas de diversas idades, músicos profissionais e amadores, pessoas que dedicam tempo aperfeiçoando suas vozes. Seu repertório é composto por músicas seculares e também de cunho cristão.

Texto: Ney Reis Sec. Cultura

Fotos: Sec Cultura e Divulgação

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *