Exposição com obras da pintora, escultora e restauradora Carmem Flora

Lutadora impetuosa pela arte

Exposição com obras da pintora, escultora e restauradora Carmem Flora, falecida em 2017, será aberta na noite de 02 de março na Casa de Cultura Adolpho Bloch, Araras

Teresópolis, 28 de fevereiro de 2018 – Ela começou sua vida em contato com a arte aos nove anos, em Santa Maria (RS), onde nasceu. Primeiramente aprendendo canto, acordeão e percussão na Escola Musical Santa Cecília, em Itaqui (RS). Só tempos depois viria a se tornar uma talentosa pintora e escultora hiper-realista, além de restauradora — já radicada no Rio de Janeiro.

Carmem Flora faleceu em 2017. Mas deixou uma obra que será mostrada, em parte, na Casa de Cultura Adolpho Bloch (Praça Juscelino Kubitschek, s/nº, Araras, CEP: 25964-140), a partir das 19h do dia 02 de março de 2018. A exposição poderá ser visitada de segunda a domingo, das 10h às 17h, até o dia 28 de abril.

“Mulher. Guerreira. Também foi mãe, sogra, avó. Lutou impetuosamente por seus ideais”, diz o texto que apresenta sua exposição póstuma. “Mas o desenho será a principal manifestação artística que se revelará em sua vida. Mesmo impedida por seu pai de viajar para a cidade grande — a fim de estudar pintura no Instituto de Bellas Artes de Porto Alegre (atual Instituto de Artes da UFRGS) — não desistiu de perseguir seu caminho. Inicia-se nas artes visuais como autodidata”, continua o texto. O tempo se encarregou de torná-la bem-sucedida, percebe-se.

Carmem se casa aos 19 anos, em 1950, e se muda com o marido para o Rio de Janeiro. Morando num quarto de pensão no Catete, arranja emprego desenhando e fazendo bordados. Poucos anos depois, volta à pintura em aulas com o pintor e crítico de arte Oswaldo Teixeira. Mas seu marido é transferido para Porto Alegre e ela volta ao Sul, trabalhando como designer na fábrica Dariano Móveis.

Pouco depois, já é diretora do Clube de Decoradores de Porto Alegre. Com o tempo escasso que lhe sobra, pinta alguns óleos e, tempos depois, torna-se professora do Curso de Decoração e Desenho da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul. Aprende a arte da ikebana com o artista japonês Yotaro Kuroda (que foi kamikase na 2ª Guerra Mundial!).

Em 1966, com o marido e os dois filhos, volta para o Rio de Janeiro. Batendo de porta em porta com um portfólio embaixo do braço, arranja emprego como designer e decoradora de interiores na Loggia Decorações, em Copacabana. Com o desenho como elo entre a arte e o trabalho, é contratada para trabalhar com decoração e ikebana no pioneiro programa “Sempre Mulher”, de Edna Savaget, na incipiente TV Globo. De 1966 a 1982, segue os passos de Savaget pelas emissoras Tupi, Record e Bandeirantes. É contratada pelo departamento de engenharia do Banco Real, onde realiza trabalhos de arquitetura e decoração para todas as agências do Estado do Rio de Janeiro. Também trabalha como professora do Curso de Desenho de Perspectiva e Decoração da PUC de Petrópolis e do Clube dos Decoradores do Rio de Janeiro. Monta o escritório CAVA Design de Interiores e trabalha na EMBRAMOVE.

Em 1993, Carmem resolve voltar a pintar e esculpir regularmente e monta seu ateliê, para dar aulas e construir sua arte, cuja produção se intensifica. Passa a ser convidada para inúmeras exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Em abril de 2015, recebe da Sociedade Brasileira de Belas Artes dois prêmios: o Troféu Rio 450 Anos e a Medalha de Ouro por sua participação no Salão Nacional de Belas Artes, por seu quadro “Arpoador” (2014). Também integra o Atelier Cardin de restauração de obras de arte, em parceria com Denilson Bedin.

As obras de Carmem estão no acervo permanente do Museu de Artes de Londrina (Paraná) e em diversas coleções particulares de Brasil, França, Portugal, África do Sul e Espanha.

SERVIÇO:

— “Um Olhar na Obra de Carmem Flora (1932—2017” — Casa de Cultura Adolpho Bloch (Praça Juscelino Kubitschek, s/nº, Araras, CEP: 25964-140. Tel.: 2644-4092). Abertura: 02 de março de 2018, às 19h. Visitação: segunda a domingo, das 10h às 17h, até 28 de abril.

— Contato: Luiz Nogueira (filho de Carmem). Tel.: (21) 2540-6768. Cel.: (21) 99637-9321.

— Site: loja.carmemflora.com.br.

— E-mail: loja@carmemflora.com.br.

Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *