Operação prende quadrilha de traficantes de Teresópolis RJ

Adolescente também foi apreendido. Objetivo da Operação Mandrake II é desarticular quadrilha nas comunidades do Perpétuo, Rosário e Fonte Santa.

A polícia e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro cumpriram seis mandados de prisão em uma operação contra o tráfico de drogas nesta sexta-feira (23) em Teresópolis, Região Serrana. Um menor também foi apreendido.

Foram cumpridos seis mandados de prisão nos municípios de Teresópolis, São Gonçalo e também dentro do sistema prisional. Um menor também foi apreendido.

O objetivo da Operação Mandrake II, realizada em conjunto com o Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ), é desarticular a quadrilha que comanda o tráfico de drogas nas comunidades do Perpétuo, Rosário e Fonte Santa. Os agentes atuaram nas comunidades também para cumprir sete de busca e apreensão, mas nenhum material foi encontrado.

Além de Teresópolis, também foram cumpridos mandados de prisão dentro do presídio no Complexo de Gericinó, em Bangu, e em São Gonçalo.

Segundo o MP-RJ, nove integrantes da organização criminosa foram denunciados. Eles utilizam armas de fogo e recrutam adolescentes para a venda de drogas ilícitas na região, de acordo com as investigações. Os integrantes também teriam relação com fornecedores na Vila Kennedy, no Rio, e no município de São Gonçalo.

As denúncias começaram a ser investigadas em 2017 com apoio da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar e do 30º BPM (Teresópolis). Ainda de acordo com o Ministério Público, a investigação identificou que, mesmo presos, os chefes do tráfico “continuam a exercer poder sobre as comunidades e sobre seu subordinados soltos”.

Todos os envolvidos foram denunciados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, cujas penas somadas podem chegar a 25 anos de prisão. As penas podem ser agravadas, já que a prática envolve crianças e emprego de arma de fogo, entre outros agravantes.

Fonte:G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *