Paquequer recebe ação preventiva de desassoreamento

PAQUEQUER RECEBE AÇÃO PREVENTIVA DE DESASSOREAMENTO

INEA realiza serviço a pedido da Prefeitura de Teresópolis

Medida tem por objetivo evitar o transbordamento do rio, principalmente no verão

Teresópolis, 23 de julho de 2018 – Com o objetivo de evitar o transbordamento do principal rio de Teresópolis, especialmente no período das chuvas de verão, teve início na manhã desta segunda-feira (23) uma ação ambiental preventiva de drenagem do Paquequer. A pedido da Prefeitura da Cidade de Teresópolis, uma equipe técnica do INEA (Instituto Estadual do Ambiente) começou a limpeza do trecho entre a Rodoviária e o bairro das Paineiras.

O Prefeito Vinicius Claussen destaca a importância da ação de drenagem do rio. “Vamos aproveitar o período de estiagem para realizar esse trabalho. Lembramos de 2011, momento muito difícil para a cidade, e também de 2012, quando o centro e a região de Agriões foram muito afetados pelas fortes chuvas. Prevenir é muito melhor do que ter uma cidade com alagamentos e enchentes”. O prefeito ressaltou ainda o apoio do Secretário Estadual do Ambiente, Dr. Marco Aurélio Porto, que atendeu prontamente o pedido da Prefeitura, entendendo que a Região Serrana precisa urgentemente de ações de prevenção como esta.

O rio Paquequer recebe no verão, na época das chuvas, um aumento do volume de água que acaba sendo responsável por, eventualmente, alagamentos em boa parte do centro da cidade. Com a limpeza da calha o problema tende a diminuir ou mesmo não acontecer. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente lembra que a população também tem um papel fundamental na conversação, quando deixa de lançar lixo diretamente nos rios do município.

Fotos: Jorge Maravilha e Marcelo Roza

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Vídeo da Ascom no link


Um comentário em “Paquequer recebe ação preventiva de desassoreamento

  • agosto 7, 2018 em 9:45 pm
    Permalink

    Uma fascinante discussão vale comentário. Eu
    acho que devia escrever mais sobre isto questão, pode não ser um tabu assunto mas geralmente pessoal não falar estas tópicos.
    Para a próxima! Muito obrigado!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *