Pensamentos do mês

Pensamentos do mês:

2018

Janeiro de 2018

“Eu amo tudo o que foi. Tudo o que já não é. A dor que já não me dói. A antiga e errônea fé . O ontem que a dor deixou. O que deixou alegria. Só porque foi, e voou. E hoje é já outro dia. ” Fernando Pessoa

2017

Janeiro de 2017

“Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.”  William Shakespeare

Fevereiro de 2017

“Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. ” Cynthia Kersey

Março de 2017

“A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida. ”  Vinicius de Moraes

Abril de 2017

“E umas das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi criadora de minha própria vida.”   Clarice Lispector

Maio de 2017

“Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar.”   Carlos Drummond de Andrade

Junho de 2017

“O que mata um jardim não é o abandono. O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele passa indiferente.” Mário Quintana 

Julho de 2017

“Amor é fogo que arde sem se ver;
  É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente;
    É dor que desatina sem doer.”
              Luís de Camões

Agosto de 2017

“Todos os nossos sonhos podem tornar-se realidade se tivermos a coragem de perseguí-los.” Walt Disney 

Setembro de 2017

“Ser feliz não é ter uma vida perfeita, mas deixar de ser vítima dos problemas e se tornar o autor da própria história.”  Abraham Lincoln

Outubro de 2017

“Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários. ” C.S Lewis 

Novembro de 2017

“A vida é como uma câmera. Foque no que é importante, capture bons momentos, desenvolva a vida a partir de negativos. E, se as coisas não derem certo, tire outra foto.” Autor desconhecido 

Dezembro de 2017

“Para os erros, há perdão. Para os fracassos, chance. Para os amores impossíveis, tempo. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, e que o medo impeça de tentar. ” Luis Fernando Veríssimo