Prefeitura faz mutirão de limpeza após enchente em Teresópolis

dsc_5487Prefeitura faz mutirão de limpeza após enchente em Teresópolis

No Centro, ruas e avenidas afetadas pelas enchentes já estão limpas e trabalhadores prosseguem com serviços nos bairros 

Teresópolis, 12 de abril de 2012 – Por determinação do Prefeito Arlei, todas as equipes e maquinários da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos foram mobilizados e estão empenhados nos trabalhos de limpeza de todas as áreas atingidas pelas enchentes da última sexta-feira, 6. Como a estrutura da Prefeitura é pequena diante de tanto trabalho, o Prefeito Arlei pediu ajuda ao Governo do Estado que rapidamente atendeu o município. O apoio da população também é fundamental para que a cidade fique limpa o mais breve possível. Já na manhã do sábado, 7, começaram os serviços de limpeza e retiradas de barreiras. 

De acordo com o Secretário de Obras e Serviços Públicos, Denílson Moraes, todos os lugares atingidos estão sendo atendidos conforme a urgência de cada área. “Estamos nos empenhando ao máximo para deixar a cidade em ordem novamente”, declarou Denílson.

Nesta segunda-feira, 9, uma equipe composta por 20 trabalhadores, três caminhões e uma retroescavadeira fizeram a retirada de, pelo menos, 20 caminhões de terra, lama e pedaços de árvores oriundos de uma barreira que caiu na Rua Floros José Dias, no Vale da Revolta. O desabamento obstruiu parte da rua e bloqueou a passagem de moradores. Equipes do Estado estiveram no local fazendo o corte de árvores que ameaçavam cair.

“A expectativa é de que até o final da operação sejam retiradas pelo menos 100 caminhões de lixo daqui”, declarou o encarregado da Prefeitura, Maurílio Soares Coelho, responsável pela limpeza da área. “O prazo estipulado para a limpeza total da região é de mais dois dias”, concluiu.

Outras localidades afetadas por quedas de barreiras foram Santa Cecília, Barroso e Araras. No final da Rua Mato Grosso, em Santa Cecília, uma grande barreira caiu atingindo a rua de baixo, a Rua Brasília. Funcionários estiveram, nesta terça, 10, e quarta-feira, 11, nos locais desobstruindo as ruas e retirando os excessos de lama. Logo após a desinterdição da Rua Mato Grosso, operários da Ampla fizeram os reparos necessários para o restabelecimento da energia elétrica.

Outra ação executada nesta semana pela Prefeitura foi o corte de eucaliptos na Rua Santa Catarina, em Santa Cecília. Coordenada pelo Subsecrtetário Tião Correia, a equipe de Parques e Jardins precisou retirar árvores que colocavam em risco moradores e suas casas.

Para garantir maior agilidade ao processo, os funcionários das equipes estão atuando na limpeza das 7h às 18h, sendo que algumas delas chegam a permanecer até as 19h. No momento, as equipes de limpeza estão percorrendo os seguintes bairros: Panorama, Várzea, Araras, Vale da Revolta, Coréia, com Retiro, Caxangá, Barroso, Santa Cecília e Fazendinha.

A limpeza sob o olhar da população

João Carlos Oliveira, proprietário de uma Pousada na Rua Brasília, em Araras, teve prejuízos, mas reconhece que a Prefeitura agiu rápido na liberação e limpeza das ruas. “Se isso tivesse acontecido há alguns anos não teríamos a assistência que tivemos hoje com este governo. Tive prejuízos, mas reconheço que a Prefeitura trabalhou rápido para amenizar o impacto causado pela chuva”, disse João.

“Não perdi muita coisa, mas as equipes de limpeza têm recolhido os entulhos da rua, o que me deixou satisfeita, porque esta agilidade está ajudando a eliminar o mau cheiro e o excesso de lixo”, disse Lucia Loureiro, moradora do bairro Bom Retiro.

“Para mim, que sou comerciante, essa limpeza é de extrema importância, pois com a sujeira há uma maior proliferação de pragas. As equipes de limpeza estão sendo muito eficientes”, falou David da Silva Dutra, vendedor de cachorros-quente no Vale da Revolta.

“Estávamos agoniados com medo de vir mais água e arrastar todo esse lixo que se encontra na rua. O trabalho dos profissionais de limpeza está muito bom. Além disso, os moradores também podem colaborar com a limpeza do bairro”, comentou Márcia André, moradora da Rua Floros José Dias, no Vale da Revolta.

Morador da Rua Santa Catarina, João Carlos André disse que ficou aliviado com a retirada dos eucaliptos que ameaçavam sua casa. “Hoje vou dormir tranquilo. Há anos que toda vez que chove ou venta forte ficamos com medo desses troncos enormes caírem. Agradeço muito ao Prefeito Arlei que nos atendeu rapidamente. Sei que é uma árvore, uma vida, mas gente é prioridade”. 

Texto – Gisele Barreto

Fotos – Davi Almada

Fonte- Assessoria de Comunicação de Teresópolis 

  • Prefeitura faz mutirão de limpeza após enchente em Teresópolis
  • David da Silva Dutra, vendedor de cachorros-quente no Vale da Revolta
  • João Carlos Oliveira, proprietário de uma Pousada na Rua Brasília, em Araras, teve prejuízos, mas reconhece que a Prefeitura agiu rápido na liberação e limpeza das ruas
  • Morador da Rua Santa Catarina, João Carlos André disse que ficou aliviado com a retirada dos eucaliptos que ameaçavam sua casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *