Região Serrana do RJ elege deputados estaduais e federais

Petrópolis e Nova Friburgo terão cinco representantes. Teresópolis elegeu apenas um candidato.

Seis candidatos a deputados estadual e federal das três principais cidades da Região Serrana do Rio foram eleitos neste domingo (7).

Em Petrópolis, Hugo Legal (PSD) foi reeleito deputado federal, com 63.561 votos válidos. Já Daniel Silveira (PSL) foi eleito a deputado federal com 31.789 votos. Quem também garantiu uma vaga voi Marcus Vinicius (PTB), conhecido como Neskau, com 30.454 votos.

A vereadora Gilda Beatriz (MDB) se candidatou à deputada estadual, mas não ganhou. Ela teve 16.834 votos. Jamil Sabrá (PDT) também não venceu. Ele concorreu a deputado estadual e obteve 8.404 votos.

O cadidato Yuri (Psol) teve 12.623 votos e não ganhou para deputado estadual.

Já em Nova Friburgo, o deputado federal Glauber Braga (Psol) foi reeleito com 40.199 votos. Outro candidato com relação com o município é Luiz Lima (PSL), que obteve 115.119 votos e garantiu a vaga para deputado federal.

O deputado estadual Wanderson Nogueira (Psol) não se reelegeu. Ele obteve 19.073 votos.

Em Teresópolis, Marcelo Calero (PPS) ganhou como deputado federal com 50.533. Ele é do Rio, mas possui laços com o município serrano.

O ex-prefeito Mário Tricano (PP) concorreu à deputado estadual, mas não venceu. O candidato teve 16.867 votos.

Candidatos a presidente no segundo turno

Os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) decidirão no segundo turno quem será o presidente do Brasil pelos próximos quatro anos, segundo os dados de apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgados na noite deste domingo (7). Eles disputam a Presidência pela primeira vez.

Com as urnas apuradas, Bolsonaro teve quase 50 milhões de votos, e Haddad superou os 30 milhões. O terceiro colocado, Ciro Gomes (PDT), somava pouco mais de 13 milhões.

O vencedor governará o Brasil de 1º de janeiro 2019 a 31 de dezembro de 2022.

Já no Governo Estadual, os candidatos Wilson Witzel (PSC) e Eduardo Paes (DEM) vão disputar o segundo turno na corrida para ver quem será o governador do Rio de Janeiro pelos próximos quatro anos.

Segundo turno no governo do estado

Já no Governo Estadual, os candidatos Wilson Witzel (PSC) e Eduardo Paes (DEM) vão disputar o segundo turno na corrida para ver quem será o governador do Rio de Janeiro pelos próximos quatro anos.

Com 100% dos votos apurados, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, Witzel teve 3.154.771 (41,28%) dos votos válidos e Paes, 1.494.831 votos (19,56%). Tarcísio Motta (PSOL) foi o terceiro colocado, com 819.248 (10,72%).

Fonte: G1 (Região serrana)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *