Sesc Teresópolis recebe espetáculo “Navalha na Carne” em 26-01

ARTES CÊNICAS
Sesc Teresópolis recebe espetáculo “Navalha na Carne”
no próximo sábado

Atriz Luísa Thiré protagoniza peça em tributo da avó Tônia Carrero, que morreu em março, ao remontar o clássico de Plínio Marcos

Teresópolis – Foi com a peça “Navalha na carne”, em 1967, que a atriz Tônia Carrero (1922-2018) ganhou notoriedade e alavancou sua carreira, ao interpretar a prostituta decadente Neusa Sueli, na obra-prima de Plínio Marcos. No papel, ela provou o seu talento e, não à toa, Luisa Thiré, neta da artista carioca, escolheu o mesmo texto para homenagear a avó, morta em março do ano passado. A nova montagem chega aos palcos do Sesc Teresópolis no próximo sábado (26), a preços populares. A sessão ocorre às 19:30, com classificação etária de 16 anos.

O drama Navalha na Carne, desde então, tornou-se fonte inesgotável de inspiração por retratar seres marginalizados, marcados por conflitos que insistem em se manter atuais. Cansada de guerra, Neusa Sueli atrai raros clientes nas andanças pela madrugada. O pequeno faturamento irrita o cafetão Vado (o ator Alex Nader) e sobra para Veludo (papel de Ranieri Gonzalez), o faxineiro da pensão, a culpa pelo sumiço de um dinheiro deixado por ela para o amante.

Este é, provavelmente, um dos textos mais importantes da dramaturgia brasileira. Contundente, visceral, violento, patético, poético e humano. A peça foi proibida de ser encenada por mais de treze anos durante a ditadura militar. Sobreviveu a censura e teve inúmeras montagens, sendo um dos textos mais populares do autor Plínio Marcos. A montagem atual conta com Gustavo Wabner, que vem trabalhando como assistente de direção há muitos anos, ao lado de Gabriel Vilella, Sérgio Modena e Naum Alves de Souza, assinando sua primeira direção.

Serviço

  • Sesc Teresópolis
  • Navalha na carne
  • Dia: 26/01/19
  • Horário: 19:30
  • Classificação: 16 anos
  • Valores: Comerciário Grátis; Inteira 10,00; Meia 5,00
  • Duração: 75min

Ficha técnica

  • Texto: Plínio Marcos
  • Direção: Gustavo Wabner
  • Elenco: Luisa Thiré, Alex Nader e Ranieri Gonzalez
  • Cenário: Sergio Marimba
  • Figurino: Marcelo Marques
  • Iluminação: Paulo Cesar Medeiros
  • Direção musical: Marcelo Alonso Neves
  • Direção de Movimento: Sueli Guerra
  • Preparação vocal: Ana Frota
  • Visagismo: Rose Verçosa
  • Assistente de direção: Celso Andre
  • Fotografia e design: Victor Hugo Cecatto
  • Produção Executiva: Bárbara Montes Claros
  • Direção de produção: Celso Lemos
  • Supervisão de Produção: Norma Thiré
  • Idealização: Luisa Thiré

Fonte: Sesc Teresópolis / Sérgio Vieira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *