Teresópolis monta estratégia para 27 de janeiro, Dia D de combate à febre amarela

Segue o 1º boletim sobre febre amarela desta sexta-feira, dia 19.

Boletim: Teresópolis monta estratégia para 27 de janeiro, Dia D de combate à febre amarela

 Reunião realizada nesta quinta-feira, 18, em Teresópolis, com representantes das secretarias municipais de Saúde e de Defesa Civil, da Coordenação Regional Serrana de Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros deu início à montagem de um plano de intensificação do combate à febre amarela. A estratégia é que profissionais desses setores se mobilizem no atendimento à população em 27 de janeiro, instituído como o Dia D de combate à doença, conforme determinação da Secretaria de Estado de Saúde. 

A Secretaria Municipal de Saúde informa que já abasteceu as unidades de saúde com o lote de 10 mil doses de vacina contra febre amarela, enviado pela Secretaria de Estado de Saúde ao município. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17, em 13 postos da Estratégia de Saúde da Família e em seis Unidades Básicas de Saúde, na cidade e no interior. Unidades móveis percorrem localidades que não têm postos.

De acordo com balanço parcial, de abril de 2017 até esta quinta-feira, dia 18, Teresópolis registra 160.100 pessoas imunizadas, o equivalente a 91% do público-alvo, entre moradores da cidade e turistas. A meta é imunizar 100% de toda a população que não possua contraindicação para a vacina.

Casos

A Secretaria de Saúde informa que a Fiocruz confirmou o quarto caso da doença no município: o de um morador do bairro Fonte Santa, que segue internado em quadro estável na enfermaria do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fiocruz. O paciente trabalha durante a semana em Paraíba do Sul, em região de mata fechada, e retornava para casa nos finais de semana.

A Secretaria determinou a realização de ação de bloqueio na Fonte Santa, para intensificar a busca de quem ainda não se imunizou. Equipes dos postos da Estratégia de Saúde da Família da Fonte Santa e do bairro vizinho Quinta Lebrão atendem toda a população da região, inclusive avaliando idosos e outras contraindicações para a vacina da febre amarela.

Com isso, Teresópolis registra 4 casos de febre amarela: de um morador de Prata dos Aredes (48 anos) e que veio a óbito; de um morador de Água Quente (64 anos); de um morador da Fazenda Ermitage (54 anos) e de um morador do bairro Fonte Santa (18 anos).

Quanto aos casos suspeitos, o da moradora do bairro Frades (45 anos) foi descartado, mas ela se encontra internada devido a infecção urinária. Existe outro sob investigação pela Fiocruz: o de uma moradora do bairro Tijuca (63 anos).

Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *