Último final de semana do Festival de Inverno Teresópolis

LYCIA MARIA 2TERESÓPOLIS 126 ANOS

Noites femininas e brilhantes

Último final de semana do Festival de Inverno Teresópolis foi de belas vozes, com o grupo ‘Moças’ e Lycia Maria cantando Clara Nunes, acompanhada pelos Cariocas de Raiz

 Teresópolis, 31 de julho de 2017 – A noite da última sexta-feira, dia 28, no Teatro Municipal de Teresópolis, foi das ‘Moças’. E que noite! Fernanda de Paula, Mariana Pereira, Camila Emanuelle, Júlia Ratis, Naraiane Sebah e a belga Valentine Van Roye cantaram e tocaram 20 canções com afinação e brilho! Era a primeira das duas últimas noites do ‘Festival de Inverno Teresópolis’, uma realização da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, com apoio do Grupo Vieira & Barbosa, fechando a programação pelo 126º aniversário de Teresópolis.

Um dos destaques do show, com o teatro lotado, foi a interpretação de Camila para o clássico de Belchior ‘Como Nossos Pais’, imortalizada na voz de Elis Regina. Com Mariana no teclado, Camila emocionou. Tanto que a canção foi repetida pelo grupo no segundo “bis” ao final do espetáculo. ‘Vilarejo’, conhecida na voz de Marisa Monte, e ‘Estrada do Sol’, de Tom Jobim e Dolores Duran, também foram destaques do belo show.

O inusitado também apareceu no espetáculo, com a belga Valentine no acordeão em ‘Flor do Campo’, um xote da desconhecida Socorro Lira. “Um trabalho quase de arqueologia”, brincou Naraiane Sebah. Quando Júlia Ratis cantou lindamente ‘Lounge’, de Maria Gadu, acompanhada pelo grupo, sua mãe, na platéia, não se conteve. “Lindo, Juju!”, gritou ela. “Minha mãe!”, rebateu Júlia, sorrindo e arrancando risos de todos. Ao final, antes dos “bis”, todas juntas cantaram e tocaram ‘Maria, Maria’, de Fernando Brant e Milton Nascimento, com Naraiane e Camila dançando. Um genuíno gran finale.MOÇAS 1

Lycia Maria incorporou Clara Nunes com talento

A noite de sábado, 29, foi de saudade e lembranças. Lycia Maria Figueiredo interpretou vários sucessos popularizados na voz de Clara Nunes. ‘Uma Noite em Clara’ era o nome do show, dirigido e produzido por André Pamplona. Entre os sucessos cantados por Lycia – acompanhada pelo grupo Cariocas de Raiz (Reinaldo Amâncio; Celso Guimarães; Valmir Ribeiro; André Sachs e Gui Rodrigues) –, estavam ‘O Mar Serenou’, de Jorge Aragão; ‘Juízo Final’, de Nelson Cavaquinho; ‘Feira de Mangaio’, de Sivuca; a também conhecidíssima ‘Morena de Angola’, de Chico Buarque; e uma canção de autoria da própria Lycia Maria em homenagem à cantora, ‘Canta Clara’, com arranjo de Reinaldo Amâncio.LYCIA MARIA 1

Lycia lembrou que o show e o próprio Festival de Inverno eram também em homenagem aos 126 anos de Teresópolis, completados em 6 de julho. No cenário com temas populares, as imagens de Santa Clara e de Iemanjá. Aliás, o “bis” (foram três, a pedido do público) começou com uma canção que se refere ao candomblé, ‘A Deusa dos Orixás’, de Nilze Carvalho (com os famosos versos “Iansã cadê Ogum?/ Foi pro mar!”). E terminou com um clássico do samba, ‘Barracão de Zinco’, de Noite Ilustrada. Um final bem popular, para lembrar uma das cantoras mais queridas do povo brasileiro.

Texto e Fotos: Ney Reis/Secretaria de Cultura

Fonte: Assessoria de Comunicação de TeresópolisMOÇAS 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *