BOLETIM – Defesa Civil de Teresópolis

A Defesa Civil Municipal informa que Teresópolis registra mais de 10 horas sem chuva significativa, os acumulados começam a baixar.

O órgão opera em estágio de Vigilância e o telefone 199 funciona no sistema de plantão 24 horas.

A Defesa Civil mantém o monitoramento permanente das condições do tempo, com avisos meteorológicos à população através da imprensa, do aplicativo de smartphone AlertasDCT – que permite o acompanhamento meteorológico em tempo real – e da página www.dcteresopolis.blog.br.

Novidade é o serviço de envio de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres que utiliza o número do Código de Endereçamento Postal. Para se cadastrar, o interessado deve enviar o seu CEP (apenas números) para 40199 através de SMS. A pessoa receberá uma mensagem confirmando o cadastro. O cadastramento não será realizado, se o CEP estiver fora da região atendida.

ACUMULADOS

Os maiores índices acumulados nas últimas 96 horas foram registrados nos seguintes bairros:

  • Caleme……………… 95,8mm
  • Granja Florestal….. 94,0mm
  • Rosário……………… 86,0mm
  • Vieira……………….. 104,74mm
  • Bonsucesso……….. 102,81mm
  • Venda Nova………. 112,06mm

OCORRÊNCIAS DESDE A ÚLTIMA SEXTA-FEIRA, DIA 5:

  1. Rua Ernani Benigno, São Pedro: rachadura em muro
  2. Rua Minas Gerais, Granja Primor: muro com risco de queda
  3. Rua Gustavo Perret, Salaco: risco de queda de árvore
  4. Ponte do Porto, Vargem Grande: trecho de rua cedendo
  5. Rua Paquequer, Pimentel: deslizamento de terra
  6. Rua Roberto Rosa, Tijuca: risco de queda de árvore
  7. Rua Américo Berlim, Jardim Féo: casa interditada com risco de queda
  8. Morro do Tiro: deslizamento de terra
  9. Rua Zenóbio da Costa, Perpétuo: casa interditada com infiltração e rachadura

Não há desalojados ou desabrigados.

Nenhuma sirene foi acionada, pois os acumulados, embora altos, ocorreram ao longo do período de chuvas e não atingiram o protocolo de acionamento.A Defesa Civil Municipal registra alguns pedidos rotineiros de vistorias em árvores, mas nenhum relacionado às chuvas.

Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis