Boletim Hidrometeorológico – 30 de dezembro de 2018

Condições em 29/12/2018

No sábado, o tempo ainda seguiu instável, apesar do egresso da Zona de Convergência de Umidade (ZCOU), que atuou sobre o estado do Rio de Janeiro nos últimos dias. O céu variou entre claro e nublado, com formação de áreas de instabilidade em diversas regiões. Por conta disto, houve registros de chuva fraca nas bacias da Baía de Guanabara e Rio Dois Rios, chuva moderada no bacia do Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana e chuva forte sobre a bacia do Médio Paraíba do Sul. O município de Resende entrou em estágio de ATENÇÃO e o rio Itabapoana, localizado no município de Bom Jesus do Itabapoana, entrou em estágio de TRANSBORDAMENTO, devido aos acumulados de chuva sobre a região e sobre a bacia de contribuição.

Situação em 30/12/2018

Neste domingo, o tempo seguirá instável em grande parte do estado do Rio de Janeiro, devido à formação de áreas de instabilidade à partir do período da tarde. O céu irá variar entre claro e parcialmente nublado, com períodos de nublado, e previsão de chuva fraca a moderada, ocasionalmente forte, sobre as bacias do Médio Paraíba do Sul, Piabanha, Baía de Guanabara, Rio Dois Rios e Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana. Sendo assim, o nível dos rios monitorados pode vir a sofrer elevações pontuais durante o período de ocorrência das chuvas. As temperaturas seguem estáveis.

Previsão para 31/12/2018

Na segunda-feira, o tempo permanecerá instável no estado do Rio de Janeiro, ainda devido à formação de áreas de instabilidade. O céu deve variar entre claro e nublado, com previsão de chuva fraca para todas as bacias monitoradas, podendo chegar a moderada nas bacias do Médio Paraíba do Sul, Piabanha, Lagos São João e Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana, e forte sobre as bacias de Rio Dois Rios e Macaé e das Ostras. Sendo assim, o nível dos rios monitorados pode vir a sofrer elevações pontuais durante o período de ocorrência das chuvas. As temperaturas seguirão estáveis.

Boletim elaborado pela meteorologista Lídia Luisa Mota do Sistema de Alerta de Cheias

Fonte:Sistema de Alerta de Cheias – Centro de Informação e Emergências Ambientais – Instituto Estadual do Ambiente