Feira de Artesanato ‘Artes Manuais’ no calendário de Teresópolis RJ

Feira de Artesanato ‘Artes Manuais’: Próxima edição acontece em julho, mês do aniversário de Teresópolis

Teresópolis, 13 de maio de 2019 – Incluída no Calendário de Eventos do município, a Feira de Artesanato ‘Artes Manuais’ terá sua próxima edição entre os dias 25 e 28 de julho, mês de aniversário da cidade. O local será o Espaço Cultural Higino, no Alto. Realizado com regularidade durante todo o ano, o evento tem a proposta de divulgar os trabalhos artesanais produzidos em Teresópolis, a segunda cidade do estado do Rio de Janeiro com o maior número de artesãos.

“A cada edição recebemos mais artesãos interessados em fazer parte do cadastro da Secretaria de Cultura. Hoje temos 476 profissionais especializados inscritos e atuando na produção de trabalhos manuais variados. Isso mostra a força da economia criativa de Teresópolis”, avalia Cléo Jordão, secretária de Cultura e de Turismo.

Vitrine e negócios

De 11 a 13 de maio, a edição especial Dia das Mães movimentou o salão da Igreja de Santo Antonio, no Alto. Reunindo 125 artesãos e sua variada produção em couro, linha, barbante, palha, madeira e pedrarias, entre outros materiais, além de gastronomia, a mostra funcionou como vitrine para apresentar a criatividade e a qualidade do artesanato de Teresópolis. E, é claro, gerar oportunidade de vendas e futuros negócios.

“Muito válida essa iniciativa por resgatar o verdadeiro artesanato de Teresópolis”, opinou Rosa Antunes, em seu estande de acessórios de decoração. “Até pouco tempo não tínhamos espaço para divulgar nosso trabalho e a Prefeitura está nos dando essa oportunidade sem custos”, acrescentou Isabel Cristina Veiga, que produz bonecos e peças em crochê.

Participando da Feira pela terceira vez, no setor de gastronomia, Izabel Tereza Guarnido aproveitou a chance de vender seus doces e salgados. “É uma forma de mostrar à população que Teresópolis tem muita gente produzindo artesanato de qualidade”, opinou.

O cadastro de artesãos de Teresópolis começou em 2018, sob a coordenação de Fátima Cunha, da Secretaria de Cultura. Daí surgiu a proposta da Gestão Municipal de realizar feiras temáticas periódicas. Para ela, além de atividade econômica, o artesanato também funciona como terapia ocupacional. “Participando dessas feiras, os artesãos mostram seus trabalhos para população e turistas e contribuem com a renda familiar. Com esta ocupação, muitos provam o seu valor e aumentam a auto-estima”, finalizou Fátima.

Fotos: Jorge Maravilha

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis