Sesc Alpina e Sesc Teresópolis se juntam em um mega arraiá em Teresópolis

FESTA JUNINA

Sesc Alpina e Sesc Teresópolis se juntam em um mega arraiá em Teresópolis

A partir do dia 28 de junho, público vai poder conferir shows das bandas Pimenta do Reino, Seu Quixote e Chico Pança, Edson do Acordeon, Trio Ventura, Os Mambembes e um Grande Encontro de Sanfoneiros

Na programação ainda tem oficinas, brincadeiras, barracas de comidas típicas e muito arrasta-pé para todas as idades

TERESÓPOLIS – Chegou a hora de pular fogueira, dançar quadrilha e comer canjica ao som do acordeão – uma gostosa tradição que se transformou numa das principais manifestações da cultura popular. No Brasil, as festas juninas são realizadas desde o século XVI, quando o costume foi trazido para cá pelos portugueses e espanhóis, como uma forma de agradecer pelas colheitas e de homenagear os santos do mês – Santo Antônio (13/6), São João (24/6) e São Pedro (29/6). No Sesc RJ, a tradição se mantém com os grandes “arraiás” em suas unidades.

Em Teresópolis, a celebração começa na sexta-feira, dia 28, e promete ser grandiosa: Sesc Alpina e Sesc Teresópolis se juntaram para levar aos moradores e turistas um arraiá dos grandes. A programação acontece na unidade Sesc Alpina, que fica na rua Cândido Portinari, 837. Nos dias 28/6 a festa ocorre das18h às 22h, no dia 29/6, das 14h às 22h e no dia 30/6, das 14h às 21h.

Ao longo dos dias de arraiá, o público vai encontrar muita diversão, com corrida do ovo, dança da laranja, pula fogueira cinematográfica. Tambem haverá brincadeiras educativas: pescaria consciente (pescar o lixo reciclável, simulando a limpeza de um rio); lançamento seletivo (acertar os resíduos na lixeira de cor correspondente); eco argola (lançar com as argolas as garrafas descartáveis) e jogo de boliche (derrubar as garrafas pet arremessando bolas de meias).

Além das brincadeiras e das barracas de comidas típicas, vai ter muita música. No dia 28 de junho, haverá show do Edson do Acordeon, às 18h, performance consolidada através de seu refinado toque de fole, que continua embalando a diversão junina. Forrozeiro por circunstâncias da vida, filho e irmão de músicos, Edson do Acordeon absorveu todo conhecimento de seu pai, passou aos filhos e, de geração em geração, a música é seu maior legado.

Às 20h, entra no palco a banda Pimenta do Reino, que já estão na estrada há algum tempo, o “Pimenta” como assim é chamado pelos seus fãs, prima pela qualidade das músicas em seu repertório. Com composições próprias (baião, xote, xaxado, Forró) 2 cds e 1 dvd lançados, o Pimenta mantém a referência dos grandes mestres da nossa música como: Luiz Gonzaga,Jackson do Pandeiro,Trio Nordestino entre outros. Misturando sanfona, zabumba, triângulo violão, baixo, flauta e percussão – o resultado é uma sonoridade de uma música com personalidade, leve e dançante.

No dia 29 de junho, às 18h30, a alegria fica por conta da banda Seu Quixote e Chico Pança, com músicas que misturam o trabalho autoral e nomes com destaque para o maior ídolo do forró, Luiz Gonzaga, Rei do Baião. O grupo propõe uma viagem pelos contos onde o homem do campo, o povo do interior, a gente boa e alegre da “roça” e todo aquele que sabe reconhecer e apreciar o bom forró – esse que Alceu Valença chama de forró verdadeiro – a banda “Seu Quixote” estará também, espalhando alegria, encantando e abrilhantando a festa com o melhor forró do mundo, o forró “pé de serra”.

Às 20h, sobe ao palco o Trio Ventura. O povo simplesmente não consegue ficar parado ao som do forro pé de serra do grupo. Forjado na linguagem do forro pé-de-serra, o grupo vem desde 2016 balançando o povo nos bailes! O fole do jovem Eric Ventura dá o tom para a voz forte e vibrante do vocalista e triangulista lgor Conde, enquanto a zabumba do experiente Rômulo Mariano impõe ritmo aos dançantes mais efusivos e exigentes. Além de sua notória qualidade e simbiose musical, uma das características que mais chama a atenção no grupo é o belíssimo resgate da influência da cultura afro-brasileira no forró.

O último dia de festa tem performance d´Os Mambembes, às 16h15, com uma intervenção artística interativa. Neste espetáculo, o cortejo de artistas traz consigo diferentes linguagens e expressividades corporais. Os personagens oriundos da Quadrilhas (padre, Xerife, Noiva, Senhoritas…) se entrelaçam em suas narrativas e se desenvolvem em divertidas histórias deste cenário folclórico brasileiro.

Das 14h às 16h, 15 sanfoneiros da região Serrana e do estado do Rio de Janeiro participam de um Grande Encontro de Sanfoneiros. No decorrer dos últimos anos, o encontro cresceu muito e conquistou o respeito e admiração dos teresopolitanos e da Região Serrana.  Às 17h30 é a vez da Cacimba Nova, duo de Sanfoneiros que reúne a experiência e a performance de Guilherme Mará somadas ao talento e o carisma do jovem músico George Marley, em um encontro de gerações que destaca o fole de 8 baixos e o violoncello elétrico. Acompanhados por triângulo, zabumba, e pedais eletrônicos, o repertório inclui clássicos do forró pé de serra, releituras de grandes sucessos e músicas autorais. O Cacimba Nova é a ponte entre o tradicional e as atuais influências musicais, promovendo um baile animado e divulgando a música regional do nordeste brasileiro, especialmente o forró.

Fecha a programação a banda Forro Maravilhas, das 19h às 21h. O repertório escolhido com muito cuidado e amor pelo forró-pé-de serra, inclui clássicos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste, Trio Forrozão, Marinês, Anastácia, Forróçacana, Falamansa, entre outras músicas que animam o público que interage com uma dança animada e emocionante. O Forró Maravilhas leva até sua festa, a poesia, a beleza e a alegria do autêntico forró-pé-serra com o charme e a qualidade das mulheres no forró!

SERVIÇO

FESTA JUNINA SESC ALPINA E SESC TERESÓPOLIS
Rua Cândido Portinari, 837
Dias: 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).

Valor: R$ 1,00 (habilitado Sesc) / R$ 2,00 OU 1kg de alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão revertidos para o projeto Mesa Brasil Sesc.

Classificação Livre


EDSON DO ACORDEON

28/6 | Livre | 18h |

Autodidata, Edson consolidada através de seu refinado toque de fole, que continua embalando a diversão, sobretudo nos meses de junho e julho, dos tradicionais “arraiás”. Forrozeiro por circunstâncias da vida, filho e irmão de músicos, Edson do Acordeon absorveu todo conhecimento de seu pai, passou aos filhos e, de geração em geração, a música é seu maior legado.


PIMENTA DO REINO

28/6 | Livre | 20h |

Na estrada já algum tempo, o “Pimenta como assim é chamado pelos seus fãs, prima pela qualidade das músicas em seu repertório. Com composições próprias (baião, xote, xaxado, Forró) 2 cds e 1 dvd lançados,o Pimenta mantém a referência dos grandes mestres da nossa música como: Luiz Gonzaga,Jackson do Pandeiro,Trio Nordestino entre outros.

Misturando sanfona, zabumba, triângulo violão, baixo, flauta e percussão – o resultado é uma sonoridade de uma música com personalidade, leve e dançante. É com certeza essa a diferença que faz o sucesso por onde O Pimenta do Reino passa.


AJUSTES DA ROÇA

28/6 a 30/06 | Livre |

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).


QUADRILHA ALUNOS DANÇA DE SALÃO

28/6 | 19h | Livre |

Apresentação da quadrilha, montada pela professora de dança de salão, junto com os seus alunos.


QUADRILHAS ESCOLARES

29/6 | 14h às 18h | Livre |

Apresentação das quadrilhas, escolas parceiras, para seus familiares e público participante da festa. Escolas que não tem espaço hábil para realização de sua festa ou que estão com barraca cedidas na festa.


RECREÇÃO JUNINA

28/6 a 30/06 | Livre |

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).

Brincadeiras como: corrida do ovo, dança da laranja, pula fogueira cinematográfica.


BRINCADEIRAS TÍPICAS E SUSTENTÁVEIS

28/6 a 30/06 | Livre |

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).

PESCARIA CONSCIENTE: Pescar o lixo reciclável, simulando a limpeza de um rio.

LANÇAMENTO SELETIVO: Acertar os resíduos na lixeira de cor correspondente.

ECO ARGOLA: Lançar com as argolas as garrafas descartáveis

JOGO DE BOLICHE: Derrubar as garrafas pet arremessando bolas de meias.


SANTO ANTÔNIO VAI À FESTA

28/6 a 30/06 | Livre |

Desenvolvimento de experimentação, com caricatura.

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).


RECOMPONDO QUADROS

28/6 a 30/06 | Livre |

Vivência para comporem a imagem do quadro exposto.

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).


DANÇA CIRCULAR

29/6 | Livre | 18:15 |

Apresentação de dança circular do grupo TSI, com a professora de dança do Sesc Teresópolis.


SEU QUIXOTE E CHICO PANÇA

29/6 | Livre | 18:30 |

Com músicas que misturam o trabalho autoral e nomes com destaque para o maior ídolo do forró, Luiz Gonzaga, Rei do Baião.  O grupo propõe um viagem pelos contos onde o homem do campo, o povo do interior, a gente boa e alegre da “roça” e todo aquele que sabe reconhecer e apreciar o bom forró – esse que Alceu Valença chama de forró verdadeiro – a banda “Seu Quixote” estará também, espalhando alegria, encantando e abrilhantando a festa com o melhor forró do mundo, o forró “pé de serra”.


TRIO VENTURA

29/6 | Livre | 20h |

Trio Venturo estará apresentando o melhor do forró pé-de-serra. O povo simplesmente não consegue ficar parado ao som do Trio Venturo! Forjado na linguagem do forro pé-de-serra, 0 grupo vem desde 2016 balançando o povo nos bailes! O fole do jovem Eric Ventura dá o tom para a voz forte e vibrante do vocalista e triangulista lgor Conde, enquanto a zabumba do experiente Rômulo Mariano impõe ritmo aos dançantes mais efusivos e exigentes. Além de sua notória qualidade e simbiose musical, uma das características que mais chama a atenção no grupo é o belíssimo resgate da influência da cultura afro-brasileira no forró. Oriundos do Rio de Janeiro, o som dessa rapaziada mostra como a música transcende qualquer lógica pré-concebida e estabelecida. E é dessa forma que o Trio Ventura tem sido avassalador desde seu início com estreia no grandioso Arraiá do Pérola da Guanabara, já passou pelos principais palcos de forró do Brasil (Forró de Bamba, Quarta Democrática, Forro da Lapa, Roda de Forró, Remelexo, ltaúnas) alem de já ter na bagagem duas turnês europeias com 40 shows em 19 cidades de 9 países. Trio Ventura é forró de raiz, juventude, malandragem e irreverência. Vamos aumentar o som?


EXPOSIÇÃO TSI

28/6 a 30/06 | Livre |

Exposição dos trabalhos desenvolvidos em oficinas do grupo TSI.

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).


OFICINAS DE ARTESANATO COM TEMÁTICA JUNINA

28/6 a 30/06 | 14h às 18h | Livre |

Oficinas de artesanato com a temática Junina.


CORREIO DO AMOR

28/6 a 30/06 | Livre |

Bilhetes escritos para participantes da festa, que serão lidos pelo locutor.

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).


CARTAS DE AMOR QUE MARCARAM HISTÓRIA

28/6 a 30/06 | Livre |

Cartas de amor, escritas entre personagens da história, como Lampião e Maria Bonita, por exemplo.

Nos dias 28/6 (18h às 22h), 29/6 (14h às 22h) e 30/6 (14h às 21h).


OS MAMBEMBES

30/06 | 16:15 | Livre |

Os Mambembes” consiste em uma INTERVENÇÃO ARTÍSTICA INTERATIVA. Neste ESPETÁCULO, o cortejo de artistas traz consigo diferentes linguagens e expressividades corporais. Os personagens oriundos da Quadrilhas (padre, Xerife, Noiva, Senhoritas…) se entrelaçam em suas narrativas e se desenvolvem em divertidas histórias deste cenário folclórico brasileiro.

Aqui o público se delicia com a transversalidade de expressões artísticas como a DANÇA, TEATRO, ACROBACIAS que desembarcam de uma divertida viagem e buscando intercalar a linguagem da intervenção urbana com o teatro de rua, e o FLOCLORE BRASILEIRO. A proposta ainda faz tornar o espectador mais ativo dentro do processo, de forma que este contribua ativamente nas cenas. Sendo um grande convite para uma verdadeira dança de pares – uma linda Quadrilha.


GRANDE ENCONTRO

30/06 | 14h às 16h | Livre |

O grande encontro contará com a presença de 15 sanfoneiros da região Serrana e do estado do Rio de Janeiro além desse grande momento. No decorrer destes anos o encontro cresceu muito e conquistou o respeito e admiração dos teresopolitanos e da Região Serrana. 


CACIMBA NOVA

30/06 | 17:30 | Livre |

O Cacimba Nova é um Duo de Sanfoneiros que reúne a experiência e a performance de Guilherme Mará somadas ao talento e o carisma do jovem músico George Marley, em um encontro de gerações que destaca o fole de 8 baixos e o violoncello elétrico. Acompanhados por triângulo, zabumba, e pedais eletrônicos, o repertório inclui clássicos do forró pé de serra, releituras de grandes sucessos e músicas autorais. O Cacimba Nova é a ponte entre o tradicional e as atuais influências musicais, promovendo um baile animado e divulgando a música regional do nordeste brasileiro, especialmente o forró.


FORRÓ MARAVILHAS

30/06 | 19h às 21h | Livre |

Em 2017 acontece o encontro com Potyra Castro e Vanessa Sousa, ambas com a mesma vontade de trazer o autêntico forró pé de serra de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Os três do Nordeste, Trio Nordestino entre outros, e com isso nasce o Forró Maravilhas. O repertório escolhido com muito cuidado e amor pelo forró-pé-de serra, inclui clássicos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste, Trio Forrozão, Marinês, Anastácia, Forróçacana, Falamansa, entre outras músicas que animam o público que interage com uma dança animada e emocionante. O Forró Maravilhas leva até sua festa, a poesia, a beleza e a alegria do autêntico forró-pé-serra com o charme e a qualidade das mulheres no forró!

Fonte: Sesc RJ /  Sérgio Vieira