Teresópolis prorroga 1º estágio de lockdown até 1º de junho

Teresópolis prorroga 1º estágio de lockdown até 1º de junho
Teresópolis prorroga 1º estágio de lockdown até 1º de junho

Teresópolis prorroga 1º estágio de lockdown até 1º de junho

Teresópolis, 25 de maio de 2020 – O Prefeito de Teresópolis, Vinicius Claussen, publica nesta segunda-feira, 25 de maio, novo decreto municipal prorrogando até a próxima segunda, dia 1º de junho, o Lockdown 1º estágio no município. A expectativa é de que, com este prazo, as medidas tomadas na última semana surtam efeito em número de casos confirmados. O município já vem apresentando queda no número de novos casos por semana epidemiológica. Na última semana (semana 11), houve desaceleração no número de novos casos em relação à semana anterior. Mantendo essa tendência, após 1º de junho, a restrição de circulação por CPF deverá ser aplicada apenas para acesso aos estabelecimentos.

Com isso, nesta semana continua valendo a restrição para circulação de pessoas nas ruas do município de acordo com o dígito do CPF. Pessoas com CPF final par (0, 2, 4, 6 e 8) poderão circular nos dias pares e pessoas com CPF final ímpar (1, 3, 5, 7 e 9) poderão circular nos dias ímpares. As pessoas devem portar documento oficial com foto que conste o número do CPF ou documento oficial com foto e o CPF ao transitar em locais públicos. Estão mantidas as exceções descritas no decreto anterior. Autorizações já emitidas serão prorrogadas automaticamente, não sendo necessário emitir novamente o documento.

De 18 a 23 de maio, o Lockdown 1º Estágio registrou cerca 53% de isolamento social no município. No dia 21 de maio, Teresópolis teve o segundo maior índice do Estado, ficando atrás apenas de Trajano de Moraes, município com cerca de 10 mil habitantes, que registrou 54% de pessoas isoladas. O dado foi obtido por mapeamento feito por meio de dados captados, de forma criptografada, a partir de dispositivos móveis, realizado pela Inloco, empresa atuante no setor de segurança da informação e antifraude, líder nacional.

PERSPECTIVA DA RETOMADA ECONÔMICA GRADUAL E RESPONSÁVEL

Conforme apresentado à população no dia 12 de maio em transmissão ao vivo da Prefeitura de Teresópolis, o Gabinete de Crise prepara para colocar em prática o “Plano de retomada gradual e responsável das atividades econômicas”. A principal métrica que condiciona o avanço nesse planejamento continua sendo a taxa de ocupação de leitos COVID-UTI. Esse planejamento foi apresentado também às autoridades do Judiciário e do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro em reunião na sexta-feira passada (22).

Sendo possível o avanço da retomada das atividades, a reabertura será de acordo com as ondas já anunciadas. Essas ondas poderão ser pausadas, avançar ou até mesmo retroceder, de acordo com a nota técnica semanal da Secretaria de Saúde, que passa a ser publicada agora toda segunda-feira. Foram considerados na avaliação para definição das ondas: o potencial de aglomeração de pessoas, a circulação de ar, a incidência de sol, potencial de contágio e parecer opinativo, elaborados por cada setor econômico.

A Prefeitura tem a seguinte previsão de ondas e datas:

1ª Onda: avaliação prevista para 01/06 para início dia 02/06

Prefeitura; comércio varejista (lojas de rua); prestadores de serviços; restaurantes, lanchonetes e bares; centro comercial; shopping sem atividades coletivas e recreativas.

2ª Onda: avaliação prevista para 15/06 para início dia 16/06

 Atividades esportivas ao ar livre, com distanciamento; estúdios de atividades físicas de atendimento individual; Feirinha do Alto e Mercado Popular, com protocolos específicos.

3ª Onda: avaliação prevista para 29/06 para início dia 30/06

Atividades físicas em academias (sem aulas coletivas); cursos de formação, hotelaria (atividades com restrições)

Última onda: prevista para o  2º semestre

Eventos coletivos; clubes; cinema; teatro; museus; casas de festas e eventos; parques; creches, escolas e faculdades; academias (todas as atividades).

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis