Teresópolis sedia Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares

Teresópolis sedia Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares

Teresópolis, 6 de dezembro de 2016 – Com o tema ‘Desafios para os direitos humanos das crianças e adolescentes na contemporaneidade’ e o lema ‘Proteção integral é dever de todos: da família, da sociedade e do Estado’, será realizado em Teresópolis o 65º Fórum Permanente dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro. Com abertura às 8h desta sexta-feira, dia 9, o evento acontecerá até domingo, 11, no SESC Teresópolis (Av. Delfim Moreira, 749, na Várzea).

A realização é da Associação de Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro. É esperada a participação de cerca de 200 Conselheiros Tutelares de todo o estado, além de autoridades municipais, estaduais e federais e profissionais da rede de atendimento local. 

P R O G R A M A Ç Ã O

 Sexta-feira – 09/12/2016

  • 8h – Chegada e credenciamento
  • 9h – Educação, Direito Humano Fundamentalh Desafios da Escola na Contemporaneidade
  • * Marta Nidia Varella Gomes Maia – Doutoranda em Educação pela PUC-RIO. Possui Mestrado em Educação pela PUC-Rio (2011), Especialização em Saúde Mental na Infância e Adolescência pela CESANTA (2006), Especialização em Alfabetização das Crianças das Classes Populares pela UFF (2003), Graduação em Pedagogia
  • 12h – Almoço
  • 13h30 – Direitos Humanos Trajetórias, Avanços e Limites na Área da Infância e Adolescência.
  • * Deputado Federal Alessandro Molon
  • 14h30 – Debate
  • 15h30 – Intervalo
  • 15h45 – Direitos Humanosh Trajetórias, Avanços e Limites na Área da Infância e Adolescência. (continuação)
  • * Estela Scheinvar, Professora, Socióloga e doutora em Educação; Experiência na área de Sociologia, com ênfase em educação, infância e juventude, atuando principalmente nos seguintes temas biopolítica, escola, Estado de Direito, movimento social, conselho tutelar, Análise Institucional
  • 16h45 – Debate
  • 17h45 – Término dos trabalhos do Dia
  • 18h – Abertura Oficial

Sábado – 10/12/2016

  • 8h45 – Chegada
  • 9h – A Assistência Social, Direito do Cidadão e Dever do Estado: os entraves para a Implementação e Acesso aos Serviços de Proteção Social Básica e Especial.
  • * Natalia da Silva Figueiredo – Assistente Social. Mestre em Serviço Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Experiência em assessoria para Equipes Técnicas e Equipes de trabalhadores de Serviços de Acolhimento familiar/institucional, Conselheiros Tutelares e Conselheiros de Direito. Servidora Pública, atuando como Assistente Social do Programa Família Acolhedora do Município de São Gonçalo.
  • 10h30 – Debate
  • 12h – Almoço
  • 13h30 – Integração Operacional entre o Judiciário, Ministério Público, Órgãos da Gestão das Políticas Públicas, o Conselho Tutelar e o Princípio da Separação dos Poderes e Autonomia.
  • * Carlos Nicodemos – Advogado, Professor Universitário de Direito Penal-Criminologia, Direitos Humanos e Direitos da Criança e do Adolescente. Presidente da Organização em Direitos Humanos Projeto Legal; Conselheiro do Movimento Nacional de Direitos Humanos
  • 15h30 – Intervalo
  • 15h45 – Desafios para e Deliberação e Implementação de Serviços e Programas Proteção, Apoio e Promoção da Família.
  • * Monica Alckmin – Pedagoga, Coordenadora Executiva da Organização em Direitos Humanos Projeto Legal
  • 16h 45 – Debate
  • 18h – Término dos trabalhos do Dia
  • 18h15 – Reunião da Diretoria da Acterj
  • 20h – Encerramento da Reunião da Acterj

Domingo – 11/12/2016

  • 9h – Roda de Conversa Sobre as Atribuições e Atendimentos do Conselho Tutelar
  • 10h – Assembleia da ACTERJ
  • Escolha do Próximo Município Sede para o Fórum Estadual
  • Apresentação e aprovação dos novos filiados
  • Informes e encaminhamentos
  • Assuntos Gerais
  • 12h – Final do Encontro

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis