Teresópolis sedia Seminário Regional do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa

Teresópolis sedia Seminário Regional do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa

 Teresópolis, 17 de setembro de 2019 – Com o tema ‘As vozes dos municípios no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC)’, acontece em Teresópolis nestas quinta (19) e sexta (20), o VIII Seminário do PNAIC/RJ na Região Serrana. O local é o salão nobre do Clube Comary (Av. Hercílio Ferreira dos Santos, nº 97, na Granja Comary). Fazem parte da programação palestras, mesas redondas e painéis de discussão.

 Direcionado a professores do 1º ano ao 3º ano do Ensino Fundamental e aos Orientadores Pedagógicos, o seminário reunirá representantes dos 12 municípios da Região Serrana que aderiram ao PNAIC/UFRJ-2019: Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Guapimirim, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Sapucaia, Sumidouro, Teresópolis e Trajano de Moraes.

A realização é da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FE/UFRJ), juntamente com o Comitê Estadual do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa no Estado do Rio de Janeiro, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC/RJ) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME/RJ).

“Ponto positivo para nossa cidade por ter sido escolhida para sediar um evento de tamanha relevância. Teresópolis aderiu ao PNAIC em 2013 e, desde então, investe na qualificação permanente de seus educadores. Nosso trabalho é contínuo para atender a meta do Plano: assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas aos 8 anos de idade, no final do 3º ano do Ensino Fundamental”, destaca Rosana Mendes, secretária Municipal de Educação.

 Atualmente, Teresópolis tem 5.167 alunos de 6 a 8 anos matriculados na rede municipal de ensino.

Confira a programação:

Quinta-feira, 19 de setembro

  • 8h, Credenciamento e coffee break
  • 9h30, Mesa de Abertura: Comitê Gestor Estadual para Alfabetização e Letramento do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) do Rio de Janeiro
  • 10h, Conferência: “Eu não tenho método”: Repensando conceitos para alfabetização
  • 12h, Intervalo do almoço
  • 14h, Painel de discussão: A valorização da voz docente: O acompanhamento pedagógico como processo avaliativo no estado do Rio de Janeiro
  • 15h, Mesa Redonda: Os processos educacionais na Educação Inclusiva
  • 16h30, Avaliação e confraternização

Sexta-feira, 20 de setembro

  • 8h, Credenciamento e coffee break
  • 9h, Palestra: Educação Infantil e a Alfabetização: concepções e práticas em debate
  • 10h30, Painel de discussão: “Há muitas histórias para se contar”: a troca de experiência como construção coletiva
  • 12h, Intervalo do almoço
  • 14h, Atividade cultural
  • 14h30, Mesa redonda: Avaliação e aprendizagem: entre o pensar e o fazer
  • 16h30, Avaliação e confraternização

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis