Tricano continua percorrendo bairros atingidos pela chuva

vale-da-revolta-1Tricano continua percorrendo bairros atingidos pela chuva

Equipes da Prefeitura estão nas ruas e nas comunidade 

Teresópolis, 13 de novembro de 2016 – O prefeito Mario Tricano continua percorrendo a cidade para verificar os estragos causados pelo temporal que  atinge Teresópolis e região. Neste sábado, 12, ele esteve no Vale da Revolta, um dos mais afetados por deslizamentos de terra e onde 30 pessoas se encontram desalojadas. Acompanham o prefeito os secretários municipais e o vice-prefeito, Sandro Dias.

Tricano permaneceu no bairro até as 3 horas da madrugada orientando as equipes da Prefeitura no atendimento aos moradores. Depois, o prefeito seguiu até a UPA 24 Horas, a fim de conferir o funcionamento da unidade, se dirigindo em seguida  para a comunidade da Ilha do Caxangá, que foi alagada devido ao transbordamento do rio.

Equipes de assistentes sociais da Coordenação de Proteção Básica da Secretaria de Desenvolvimento Social e do CREAS estão no Vale da Revolta, auxiliando os moradores e orientando os voluntários da associação de moradores do bairro.

Trabalhadores da Secretaria de Serviços Públicos passaram as últimas horas limpando as vias públicas.

Equipe da Defesa Civil segue realizando vistorias técnicas nas áreas onde houve registro de ocorrências e emitindo avisos meteorológicos para a população através da imprensa, redes sociais e de mensagens de telefone celular.

 A previsão de chuva de moderada a forte continua.

O telefone de emergência 199 funciona 24 horas.

Fotos – AscomPMT

Fonte- Assessoria de Comunicação de Teresópolis 

  • Limpeza e desobstrução de via pública na madrugada
  • Na Várzea, trecho da Rua Manuel Madruga, que ladeia o Rio Paquequer, na altura da Praça Olímpica, caiu devido à força da água e a via está interditada. Caminhões da Prefeitura estão descarregando pedras no local como forma de contenção provisória do barranco
  • Equipes da Prefeitura estão nas ruas e nas comunidade
  • Prefeito Mario Tricano com moradores, no Vale da Revolta
  • Chuvas fortes causam deslizamentos de terra em bairros carentes de Teresópolis