Volta às aulas presencias em Teresópolis

Volta às aulas presencias em Teresópolis
Volta às aulas presencias em Teresópolis

Volta às aulas presencias: Prefeitura de Teresópolis divulga normas para prevenir a Covid-19 nas unidades de ensino

Através das Secretarias de Educação e Saúde, medidas levam orientação para profissionais e alunos

Com o intuito de promover o retorno do ano letivo de 2022 no ensino público, com a promoção da segurança e saúde de funcionários e alunos do município, a Prefeitura Municipal de Teresópolis elaborou uma norma que deverá ser seguida em todas as unidades escolares. O documento foi criado pelas Secretarias de Educação e Saúde, em parceria com a Divisão de Vigilância Epidemiológica (DVE) e com o Programa Saúde na Escola (PSE).

Chamado de “Normas de Convivência Covid-19/Retorno Escolar 2022”, o guia apresenta uma série de instruções técnicas que busca prevenir casos de infecção no ambiente escolar com a retomada das aulas no formato 100% presencial.

“No ano de 2020 nossa Gestão optou por suspender as aulas presenciais nas escolas de Teresópolis para proteger nossos servidores e nossas crianças e adolescentes. Com o avanço da imunização e flexibilização das restrições, em 2021, as atividades aconteceram de forma remota e depois no sistema híbrido. Desde novembro do ano passado conseguimos retomar as aulas 100% presenciais. Para manter isso, estamos trabalhando para levar às salas de aula a proteção que estimulamos em toda a sociedade”, afirma o Prefeito de Teresópolis, Vinicius Claussen.

Em uma série de tópicos desenvolvidos por profissionais da Saúde e Educação, as orientações abrangem medidas de prevenção, isolamento e outras condutas sanitárias e educativas sobre o tema.

Principais pontos da Norma de Convivência

De acordo com o texto, a comunidade escolar deverá seguir os seguintes pontos:

– Estudantes e educadores que apresentarem sintomas deverão ser isolados e testados. Caso o teste dê positivo, a pessoa deve permanecer em isolamento por 7 dias. Caso o resultado seja negativo, porém com sintomas, a pessoa deverá ser isolada por 5 dias;

– O isolamento de turmas inteiras acontecerá somente após análise da Secretaria Municipal de Saúde, através do DVE;

– Em casos de suspeita para Covid-19, os trabalhadores da Educação terão o processo e atendimento feitos em uma Unidade de Saúde do município;

– As unidades escolares devem possuir um espaço, separado, para crianças e adolescentes com sintomas de Síndrome Gripal. Neste local, os alunos serão acompanhados por um adulto portando equipamentos de proteção (máscaras), até a chegada do responsável, que será orientado a comparecer a uma Unidade de Saúde mais próxima (Cemusa e Beneficiencia Portuguesa – atendimento para crianças até 12 anos; e PSF ou Centro de Testagem para atendimento acima de 12 anos);

O documento também informa que as escolas devem disponibilizar álcool 70%, máscaras e ventilação adequada nas salas de uso em comum. Os deverão ser orientados a lavares as mãos regularmente, como forma de aumentar a segurança sanitária.

“Estas são as principais diretrizes que a Secretaria Municipal de Saúde recomenda para que as escolas de Teresópolis sigam. Também orientamos que todo oi ambiente escolar seja mantido higienizado a cada 12 horas e que todos os profissionais da Educação estejam imunizados contra a Coviud-19, conforme determina o Ministério da Saúde”, explica o Secretário de Saúde, Antônio Henrique Vasconcellos.

Segurança nas escolas

Através do Programa Saúde na Escola (PSE), os alunos participarão de atividades de educação em Saúde. Desta forma, eles serão orientados sobre as maneiras de melhor se proteger e como manter a higiene pessoal de acordo com as normas sanitárias.

“Além de todo o trabalho de prevenção com nossos alunos, as equipes do PSE também vão conversar com os pais e responsáveis pelas crianças sobre a importância da vacinação para este público e outros fatores importantes; como a importância do distanciamento social, reconhecer os sintomas da Covid-19 entre outras informações”, diz a Subsecretária de Atenção Primária à Saúde, Edneia Martuchelli.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis

SÍNTESE DAS NORMAS DE CONVIVÊNCIA COVID 19