’21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’ em Teresópolis

’21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’ em Teresópolis
’21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’ em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis promove programação pelos ’21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’

Atividades começam dia 23 de novembro e incluem palestras, dinâmica na Calçada da Fama e ‘Encontro com Elas’

Teresópolis, 17 de novembro de 2021 – A Prefeitura de Teresópolis, por meio da Secretaria M. dos Direitos da Mulher, promove, entre os dias 23 de novembro e 10 de dezembro, uma programação voltada para os ’21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’. A campanha mundial busca conscientizar a população sobre os diferentes tipos de agressão contra meninas e mulheres em todo o mundo. Trata-se de uma mobilização anual, empreendida por diversos atores da sociedade civil e do poder público.

No Brasil, a campanha acontece desde 2003 e tem duração de 21 dias, com início no dia 20 de novembro, quando se celebra o Dia Nacional da Consciência Negra, e término no dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. Neste sentido, a campanha no Brasil cumpre um papel imprescindível, ao enfatizar a discriminação sofrida pelas mulheres negras.

“A Secretaria dos Direitos da Mulher engaja-se na Campanha adotando o tema ‘Pelo Fim das Violências’, em conscientização à sociedade de Teresópolis e para ressaltar os serviços de proteção em prol da Mulher, contra as violências que sofrem”, destacou a secretária dos Direitos da Mulher, Margareth Rosi, ressaltando os avanços da gestão do Prefeito Vinicius Claussen com relação à proteção à mulher vítima de violência: ampliação da campanha ‘Sinal Vermelho’ contra a v iolência doméstica, com a assinatura da Lei Municipal, de autoria da Vereadora Erika Marra; a criação do programa municipal de abrigamento provisório; e a implantação do Formulário Nacional de Avaliação de Risco – FRIDA. Outra importante conquista foi a instalação do Posto Avançado de Apoio à Mulher (PAM), na Rodoviária, no centro da cidade. Espaço é o 2º instalado no Brasil e 1º no estado do Rio de Janeiro.

A programação inclui live, transmitida pelas redes sociais da Prefeitura, no dia 23/11, às 16h, com o tema ‘Negritude, cenário e perspectiva da Mulher Preta – 20 de novembro Dia do Zumbi dos Palmares’. A live contará com a participação da psicóloga Marcella Lopes, especialista em Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social, pesquisadora e vivenciadora de Psicologia Afrocentrada e Antirracista. A mediadora será a advogada Lilian de Fátima Cirico Ferreira, membro da Comissão da OAB Mulher da 13ª Subseção – Teresópolis e Presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher. O público poderá assistir por meio do link: https://meet.google.com/ajn-vwne-fea.

No dia 24/11, a partir das 10h, de forma virtual, acontece a reunião periódica da Rede Proteção à Mulher em Teresópolis, com a participação de representantes de diversos órgãos envolvidos com o assunto, como a Secretaria da Mulher, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público. Também será realizada uma reunião sobre os 21 Dias de Ativismo, no dia 25/11, das 9h às 12h, na Casa de Cultura Adolpho Bloch, com a participação de autoridades de vários órgãos.

No dia 30 de novembro, às 18h, na Av. José Joaquim de Araújo Regadas 142 – Várzea, será promovida uma palestra sobre a Campanha Sinal Vermelho, forma de pedido de socorro e ajuda para mulheres em situação de efetiva violência, especialmente a doméstica e familiar. Voltada para as profissionais mulheres da Agência Mary Help, a palestra será ministrada pela assistente social da Secretaria dos Direitos da Mulher, Elisabete Rosa do Espírito Santo.

Em dezembro, serão promovidas três atividades relacionadas ao tema: 06/12, às 14h, na Calçada da Fama, dinâmica intitulada ‘Caixa Preta’, com a participação de integrantes do ‘Ponto de Luz’, que tem o objetivo de chamar a atenção dos homens para o assunto; no dia 08/12, às 10h, no CREAS (Rua Carmela Dutra, 812 – Agriões) palestra ‘Sinal Vermelho’, com Beth Garcia; e dia 10/12, das 14h às 16h, no CEAC (Praça Baltazar da Silveira, 65, Cob. – Várzea), haverá edição do ‘Encontro com Elas’, atividade de encerramento da programaç&a tilde;o.

Serviços de Atendimento à Mulher

Ampliando o acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica ou de gênero, a Secretaria dos Direitos da Mulher mantém o NUAM – Núcleo de Atendimento à Mulher. Instalado na 110ª Delegacia Policial, no Alto, o setor funciona todos os dias, inclusive nos finais de semana e feriados, com acolhimento de assistentes sociais.

Existe ainda o NAM ITINERANTE – Núcleo de Atendimento à Mulher, também com acolhimento de assistente social, instalado no PSF do Meudon e já se deslocando para outra comunidade.

Para acolher mulheres que sofrem ameaças de morte foi firmado termo de convênio com abrigos especializados, em locais seguros para ela e os filhos durante um período de 2 anos.

Instalada no 2º piso do Centro Administrativo Municipal Manoel de Freitas (Avenida Lúcio Meira, 375, na Várzea), prédio do antigo Fórum, a Secretaria dos Direitos da Mulher funciona de segunda a sexta, das 9h às 18h. Informações sobre atendimento podem ser obtidas pelo telefone (21) 2742-1038.

21 Dias de Ativismo Teresópolis cc

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis